terça-feira, 21 de outubro de 2014

"Fascínios da noite..."



    
                  Fascínios da noite..."


Hoje amei-te na noite
Pairei embevecida
Sobre o teu rosto
Divinalmente
Cândido
E meu...

Estavas sereno
Adormeceste sorrindo
Numa réplica quase perfeita
Daquele sorriso que idolatras
E que daqui a pouco
Te acenderá
O dia...

Foi assim que te tive

No aconchego do olhar
Na clandestia sapiência da alma
Desculpa se me servi de ti
Mas foi assim esta noite
Assumo sem rodeios
Te adorei,te fruí
Torrencialmente
Me embriaguei
De ti...

                            M.Loures